www.BairrodasLaranjeiras.com.br
ANUNCIE AQUI  |  INFORMATIVO  |  CONTATO
Projetos


AMAL
Notícias

AMAL - Associação de Amigos e Moradores de Laranjeiras
Rua Pinheiro Machado, 31/2° andar Laranjeiras
Tels.: 4105-0038
(18h às 21h)
http://amal.org.br/

Folha da Laranjeira Jornal da Associação
205 / 207 / 208 / 209 / 210 / 211 / 212 / 213 / 214 / 215 / 216 / 217 / 218 / 219 / 220 / 221 / 222 / 223 / 224


APOIOS E SIMPATIAS
Clique nas imagens e saiba mais sobre cada um deles



-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------


Informativo da Assoc. de Moradores e Amigos de Laranjeiras - AMAL
Ano XVIII | nº 223 | Janeiro 2008


SUCESSO

De Laranjeiras para a novela das 8


Quem ainda não conhece o trabalho do artista plástico Sérgio Cezar, morador de uma vila na rua Cardoso Júnior, agora pode vê-lo todos os dias na novela Duas Caras. Sua favela em miniatura, que já rodou o mundo inteiro em várias exposições, foi parar na abertura da novela de Aguinaldo Silva. O convite partiu do diretor de arte Roberto Stein, que viu uma exposição de maquetes do artista num shopping carioca e encomendou uma favela que reproduzisse nos mínimos detalhes o dia-a-dia dos moradores.

- Eu estava no bar tomando uma cerveja quando o Roberto Stein ligou. Na hora achei que fosse trote e desliguei o telefone. Ele ligou de novo e falou da abertura da novela e tal. Fiquei preocupado, porque o cara é exigente pra caramba – conta Sérgio.

Para realizar o trabalho no tempo necessário, o artista contou com uma equipe de nove pessoas trabalhando em tempo integral. Fez visitas na favela Rio das Pedras e fotografou becos que pudesse ajuda-lo na reprodução. O que era para ser apenas uma área de dois metros quadrados foi quase triplicado para se chegar ao resultado que está no ar. Esta é a abertura com maior duração na TV Globo (1min30s) e foi a primeira da televisão brasileira rodada em alta definição.

Em função do sucesso que a comunidade da fictícia “Portelinha” vem fazendo, o artista rodará o mundo expondo seu mais recente trabalho. Ele aproveitará as viagens para dar continuidade ao trabalho social que faz no Rio de Janeiro com comunidades carentes, ensinando como transformar o lixo em arte. O objetivo é trabalhar com pessoas dessas periferias e o resultado dessa experiência se tornar um grande trabalho com mais de 48 metros quadrados.