www.BairrodasLaranjeiras.com.br
ANUNCIE AQUI  |  INFORMATIVO  |  CONTATO

PATROCINADORES DESTE SITE
Clique nas imagens e saiba mais sobre cada um deles

-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------

/ Laranjeiras e Cosme Velho


História do Bairro

Laranjeiras, berço do Carioca

O Bairro de Laranjeiras, juntamente com os da Glória, Catete, Flamengo e Cosme Velho, faz parte da bacia hidrográfica do rio Carioca - antiga e importante região da cidade do Rio de Janeiro conhecida como "terras da Carioca". A sua história confunde-se com a da própria cidade do Rio de Janeiro, pois de tão importante deu o nome àqueles que nela nascem. Saiba mais...


Visita ao Cristo Redentor

Lindo passeio e uma bela visão da
cidade maravilhosa

Cartão postal do Rio de Janeiro e símbolo do Brasil no exterior, a estátua do Cristo é uma referência diária para grande parte da população, não somente pela simpatia, mas também por poder ser visto de quase todos os pontos da cidade, recebendo a todos de braços abertos, a qualquer hora do dia ou da noite.
Embora o Morro do Corcovado e a bela estátua de 38m do Cristo Redentor, estejam localizados no Parque Nacional da Tijuca, é pelo bairro do Cosme Velho que... Saiba mais...


Bica da Rainha

Um patrimônio preservado

A Bica da Rainha, que fica na rua Cosme Velho - 331, foi construída no início do século XIX, pela Rainha D. Carlota Joaquina, esposa de D. João VI, que vinha ao Cosme Velho tratar de um problema de pele nas águas ferruginosas que emanavam desta fonte. O passeio era freqüentemente realizado por D. Carlota, que trazia em sua companhia D. Maria - A Louca... Saiba mais...


Casas Casadas

Um Centro Cultural em Laranjeiras

As Casas Casadas eram originalmente um belo conjunto de seis unidades residenciais autônomas em arquitetura neoclássica. Foram construídas em 1883 pela família Leal e tombadas em 1994 pela Prefeitura do Rio, por se tratar de um exemplar único de residência multifamiliar do século 19.
Em dezembro de 1996 a Prefeitura adquiriu o imóvel e iniciou as obras de restauração, para fazer delas um Centro Cultural.
Saiba mais...



Casa dos Abacaxis

Um belo casarão com belas histórias

Por Ana Cristina Tavares
Na Rua Cosme Velho, 857, a poucos metros do Largo do Boticário no Cosme Velho, destaca-se um daqueles típicos casarões do Rio Antigo. Conhecido como a Casa dos Abacaxis, foi freqüentado por grandes personalidades da cultura brasileira, como: Ataulfo Alves e Suas Pastoras, Assis Chateaubriand, Gilberto Freyre, Carlos Drummond de Andrade, Austregésilo de Athayde, Franz Krajcberg,... Saiba mais...


Chorinho na General Glicério

A feira na General é um convite a
uma tarde cultural

Um bom programa para o sábado de Laranjeiras, é ir a feira na General Glicério. A feira começa cedinho, mas o bom é ir mais perto da xepa e num dia que você não vá comprar peixe. Não que o peixe não seja bom e fresquinho, pelo contrário, mas a feira na General tem muitos atrativos, e se você for aproveitar tudo, o seu peixe vai chegar tarde em casa.
Saiba mais...



Foto: Rojaros - Cel.: 8102-5661. - e-mail: rojaros@bol.com.br

Largo do Boticário

Quem passa pela Rua Cosme Velho, indo ou vindo do Túnel Rebouças, dificilmente repara um pequeno beco (Beco do Boticário) que dá entrada para o charmoso Largo do Boticário. São apenas 8 casas em estilo neocolonial, rodeadas pela mata atlântica e onde ainda se ouve o rio Carioca correndo a céu aberto. O Largo passou a existir a partir de 1879 e suas casas já sofreram muitas reformas... Saiba mais...



Foto: Isabel Vidal

Casa 1 do Beco do Boticário - Cosme Velho. Ateliê e residência do pintor Augusto Rodrigues (1913 - 1993). Fundador da Escolinha de arte do Brasil - 1948 . Saiba mais...



Destacamento 1/1 dos Bombeiros - Heróis desde o tempo do Império

Por Erick V. da Cruz - 05/01/07
Vivemos uma fase de desvalorização das instituições públicas, crises se acumulam nas capas de jornais e revistas, de norte a sul do país. Apesar disso algumas instituições conseguem manter o respeito e a admiração dos brasileiros; um grande exemplo disso é o Corpo de Bombeiros.
No Brasil, a criação do Corpo de Bombeiros aconteceu em 1856, na cidade do Rio de Janeiro, então Capital Imperial. O Major João Batista de Castro Moraes Antas foi o primeiro comandante, e acredita-se que o uniforme original da corporação tenha sido criado pela própria Imperatriz Dona Tereza Cristina Maria de Bourbon esposa de D. Pedro II. Saiba mais...


Mercadinho São José

Pólo cultural de Laranjeiras

Quem procura por arte, cultura e gastronomia reunidas em um mesmo local, encontra no Mercado São José das Artes, mais conhecido como Mercadinho São José, opções que vão desde feira de artesanato e exposições a restaurantes com comidas típicas brasileiras e internacionais. Com capacidade para quase 600 pessoas, o Mercado situado na Rua das Laranjeiras, nº 90, abriga 16 boxes, onde funcionam seis bares-restaurantes; duas lojas (uma de artesanato e outra de artigos de capoeira), um estúdio musical e o atelier da artista plástica Luzia Mariana. Saiba mais...


MIAN

Museu Internacional de Arte Naïf

Com oito salas para exposições temporárias e permanentes, o MIAN reúne hoje o maior e mais completo acervo de pinturas Naïf do mundo. São mais de 8.000 obras de artistas nacionais e internacionais.
A pintura Naïf é conhecida como ingênua ou primitiva e seus pintores são autodidatas e não são ligados a nenhuma escola ou tendência. Saiba mais...


Foto: Angelica de Carvalho

Museu da Pediatria Brasileira

A Fundação Sociedade Brasileira de Pediatria tem o prazer de convidar a todos para conhecerem o Museu da Pediatria Brasileira, que possui grande valor turístico, histórico e social, contribuindo para a comunidade local e, também para a classe estudantil e médica.
Através das suas 7 salas de exposição é possível fazer um passeio pela história da Pediatria, seus principais eventos e vultos. Saiba mais...


Parque Guinle

Área verde e tranquila próxima ao
Largo do Machado

O Parque Guinle era originalmente uma chácara adquirida pelo Dr. Eduardo Guinle para construir sua residência. Hoje a mansão dos Guinle é conhecida como Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Estado Rio de Janeiro. O Parque localizado no fim da Rua Gago Coutinho, tem entrada por um belo portão que dá acesso a uma área de 24.750 m2 onde se vê um pequeno lago, alamedas, gramados, árvores e plantas tropicais. Saiba mais...


Palácio das Laranjeiras

O Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Estado do Rio de Janeiro foi reaberto à visitação pública.
Alunos dos cursos de História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) guiam os visitantes, que poderão conhecer um pouco mais da ala social do imóvel, sua história e arquitetura.
Saiba mais...



Praça Carlo Del Prete: tributo a um herói

Por Erick V. da Cruz
Quem passa pela praça Carlo Del Prete, provavelmente já se perguntou o que faz aquela escultura em forma de avião pendurada ali. Quem afinal foi Carlo Del Prete e por que merece ser homenageado ali próximo à Rua Pinheiro Machado, no coração do bairro de Laranjeiras? Saiba mais...


Blog: As histórias dos monumentos do Rio de Janeiro

Praça São Salvador - Chafariz de Sauvegeau, a Fonte

Das obras francesas de Val d'Osne no Rio de Janeiro, o chafariz da Praça São Salvador, no bairro de Laranjeiras, é um dos mais belos da cidade. Instalado ali provavelmente em 1928, quando foi construído o jardim no centro do qual a obra fora posicionada, pelo que indica o projeto... Saiba mais...


foi um RIO que passou - terça-feira, 27 de março de 2007

Rua das Laranjeiras com Soares Cabral, 1908

por Andre Decourt
Hoje ao contrário da calma, vista na foto, essa esquina é um dos pontos mais tumultuados do Bairro das Laranjeiras. Encontro das duas partes, alta e baixa da Rua das Laranjeiras, onde ela deixa de ter mão dupla e também acesso ao viaduto Jardel Filho. Esse pedaço do bairro passa a maior parte do dia completamente engarrafado.
A Rua Soares Cabral era uma típica rua residencial, como podemos constatar no seu trecho desconectado do trânsito de passagem, e foi alargada, teve as suas árvores retiradas e...Saiba mais...


O GLOBO | Economia - Imóveis | POR O GLOBO 10/11/2014

Imagem do dia: os cobogós do Parque Guinle

Elementos tipicamente brasileiros são marca do projeto de Lúcio Costa

RIO - Um dos ícones do modernismo brasileiro, o prédio Nova Cintra, no Parque Guinle, projetado por Lúcio Costa, traz em sua fachada alguns dos principais elementos que caracterizam a época. De um lado, os brises-soleils, elementos geralmente em madeira usados para diminuir a incidência solar nos ambientes internos. Do outro, os cobogós. Feitos originalmente em... Saiba mais...


BLOG # Rio que mora no mar... Quarta-feira - 23/04/2014

Tunel Santa Bárbara, 50 anos

A abertura de um túnel conectando os bairros de Laranjeiras (Zona Sul da cidade) e Catumbi (localizado entre a periferia da Área Central e a Zona Norte) foi assentada no Plano Agache , do urbanista francês Alfred Agache , em 1928. Mas só foi concluído no Governo Carlos Lacerda e inaugurado no dia 22 de abril de 1964.
O Catumbi foi uma área nobre da cidade, bairro em que se instalaram as colônias portuguesa, espanhola e italiana em casario imponente. Por lá ... Saiba mais...

------------------------------------------------------------------------------------------------------------






PATROCINADORES
Clique e saiba mais sobre eles








BLOGS INTERESSANTES

RECICLOTECA
Por Recicloteca

TECNOLOGIA OUTONAL
Por Claudia Sardinha

TRANSPORTE ATIVO
Por Transporte Ativo








FOTOS DO BAIRRO



Clique na foto...






Contador criado em: 14/08/2014


© 2005 - 2016 Isabel Vidal
Todos os direitos reservados